Total de visualizações de página

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Como anda o caso das rinhas ou incentivo à ela postadas por usuários no Facebook:

Só para acompanharem a situação:
http://180graus.com/geral/odontologo-e-suspeito-de-incitar-rinhas-de-caes-pit-bull-465338.html




Mais tarde faço um resumo.

sábado, 15 de outubro de 2011

REPASSANDO DENUNCIA DE INCENTIVO A RINHAS NO FACEBOOK!

Esse indivíduo é do Piauí do município de Teresina.

 








Comentário: Foi removido os nomes das conversas e fotos pois recebi notificação que o caso foi denunciado e está sendo acompanhado por uma organização protetora dos animais.

quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Neste dia das Crianças lembre-se: ANIMAL NÃO É BRINQUEDO!

Nada de presentear crianças com seres vivos por impulso, PENSE antes de assumir essa responsabilidade!







terça-feira, 11 de outubro de 2011

Dia de São Francisco de Assis!

No dia 4 de outubro celebramos São Francisco de Assis, que nasceu na cidade de Assis, na Itália, em 1181 (ou 1182). Filho de um rico comerciante de tecidos, Francisco tirou todos os proveitos de sua condição social vivendo entre os amigos boêmios.

Tentou, como o pai, seguir a carreira de comerciante, mas a tentativa foi em vão.

Sonhou então, com as honras militares. Aos vinte anos alistou-se no exército de Gualtieri de Brienne que combatia pelo papa, mas em Spoleto teve um sonho revelador: Foi convidado a trabalhar para "o Patrão e não para o servo".


O chamado, ainda pouco claro para São Francisco, foi tomado no sentido literal e o santo vendeu as mercadorias da loja do pai para restaurar a igrejinha. Como resultado, o pai de São Francisco, indignado com o ocorrido, deserdou-o.

Com a renúncia definitiva aos bens materiais paternos, São Francisco deu início à sua vida religiosa, "unindo-se à Irmã Pobreza".

A Ordem dos Frades Menores teve início com a autorização do papa Inocêncio III e Francisco e onze companheiros tornaram-se pregadores itinerantes, levando Cristo ao povo com simplicidade e humildade.

O trabalho foi tão bem realizado que, por toda Itália, os irmãos chamavam o povo à fé e à penitência. A sede da Ordem, localizada na capela de Porciúncula de Santa Maria dos Anjos, próxima a Assis, estava superlotada de candidatos ao sacerdócio. Para suprir a necessidade do espaço, foi aberto outro convento em Bolonha.

Um fato interessante entre os pregadores itinerantes foi que poucos, dentre eles, tomaram as ordens sacras. São Francisco de Assis, por exemplo, nunca foi sacerdote.

Em 1212, São Francisco fundou com sua fiel amiga Santa Clara, a Ordem das Damas Pobres ou Clarissas. Já em 1217, o movimento franciscano começou a se desenvolver como uma ordem religiosa. E como já havia ocorrido anteriormente, o número de membros era tão grande que foi necessária a criação de províncias que se encaminharam por toda a Itália e para fora dela, chegando inclusive à Inglaterra.

Sua devoção a Deus não se resumiria em sacrifícios, mas também em dores e chagas. Enquanto pregava no Monte Alverne, nos Apeninos, em 1224, apareceram-lhe no corpo as cinco chagas de Cristo, no fenômeno denominado "estigmatização".

Os estigmas não só lhe apareceram no corpo, como foram sua grande fonte de fraqueza física e, dois anos após o fenômeno, São Francisco de Assis foi chamado ao Reino dos Céus.
Autor do Cântico do Irmão Sol, considerado um poeta e amante da natureza, São Francisco foi canonizado dois anos após sua morte.

Em 1939, o papa Pio XII tributou um reconhecimento oficial ao "mais italiano dos santos e mais santo dos italianos", proclamando-o padroeiro da Itália..

No dia de São Francisco de Assis, na Itália, Padre Tomasz faz um gesto simbólico que comoveu o mundo!




Fontes:
http://www.angelfire.com/ar2/jcarthur/sfco.htm
http://www.facebook.com/photo.php?fbid=10150346824498576&set=a.499391263575.276362.619073575&type=3&theater


Comentário: Lindo mesmo, belo gesto. Sem palavras...



quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Ex-prefeito é acusado de distribuir carne envenenada e matar 47 cães na Bahia

Ex-prefeito é acusado de distribuir carne envenenada e matar 47 cães na Bahia
Moradores jogaram cadáveres de cães na fazenda de João de Roque, em Conceição.

05.10.2011 | Atualizado em 05.10.2011 - 06:37
Alexandre Lyrio | Redação CORREIO
alexandre.lyrio@redebahia.com.br


Donos jogaram corpos dos cães na fazenda do ex-prefeito
Foto: Antônio Saturnino

O cenário é de um massacre e o cheiro da carnificina está impregnado no ar de São Bento do Inhatá.  Dezenas de corpos espalhados pelas propriedades, cadáveres deixados na beira da estrada e uma comunidade inteira estarrecida. A única diferença dessa para outras chacinas é que, em vez de seres humanos, as vítimas foram 47 cães, um gato e três galinhas. De tabela, um urubu que resolveu se banquetear com a carniça acabou aumentando a conta de mortos.

O extermínio cruel ocorreu na última sexta-feira, nas localidades de Bângala e Bolandeira, em São Bento do Inhatá, distrito de Amélia Rodrigues, a 84 quilômetros de Salvador. O autor, ao contrário de suas vítimas, é um animal racional. Supostamente.

Pior: além de ser humano, o acusado é ex-prefeito da cidade vizinha, Conceição do Jacuípe, e tem uma fazenda em São Bento do Inhatá. Dezenas de testemunhas descrevem o momento em que, usando uma motocicleta tipo “Biz”, o fazendeiro João Barros de Oliveira, conhecido como João de Roque, circulou pela região e cometeu o massacre.

O serial killer não escolheu raça, tamanho ou cor. Com uma luva e um saco amarelo cheio de carne, arremessou as ‘iscas’ envenenadas sobre muros e cercas dos terrenos. A carne, segundo moradores, era de um boi que João teria matado só para cometer o “cãocídio”. O que motivou tal atitude? Os moradores acreditam que o simples fato de alguns cães vizinhos terem atacado um dos seus bezerros. Quando perceberam o que João fazia, os moradores avisaram a PM. Tarde demais.

O veneno colocado pelo criminoso nos pedaços de carne era tão forte que, ao comer os restos mortais dos cachorros, um urubu morreu. Algumas pessoas passaram mal, inclusive um policial militar. Em protesto, donos de cachorros jogaram seus animais na propriedade de João de Roque. Um cão foi pendurado na cancela da fazenda. 

Indignação
O funcionário do sítio que fica defronte à propriedade de João de Roque não segurou as lágrimas quando lembrou do vira-lata Wel, um dos cachorros que não resistiu ao veneno. Ontem de manhã, Agnaldo alimentou só o pastor preto Hulk e o outro vira-lata, Scooby. “Quando vi que Wel não estava mais com a gente, não aguentei. Ele era especial. O nosso cão de guarda. Muito triste ver ele vomitando até morrer”, disse, aos prantos.

O dono do sítio, o administrador Raimundo das Neves, também estava desolado. “Minha filha chorou a manhã inteira. Era como se fosse da família”. Apesar do medo de uma retaliação, o funcionário não conteve a raiva. “Sei que corro risco de vida, que ele tem dinheiro, mas a gente não pode deixar isso impune”.

Mas nenhuma dor era como a de Jacira dos Santos, 64 anos. A aposentada perdeu sete cães na matança. “Biscuí”, “Latoia”, “Jack Chan”, “Preta”, “Zóio Furado”, “Quatro Ôio” e “Raquele” se estribucharam antes de morrer. “Latoia veio babando em cima de mim com aquela carinha de quem pede socorro, sabe?”, conta dona Jacira, ainda chocada.

“Sargento”, de apenas um mês de vida, foi um dos sobreviventes. Órfão, perdeu a mãe, a cadela “Raquele”. Já “Pintada” tinha acabado de ter ninhada de oito cachorrinhos. Envenenada, resistiu. Mas não pode amamentar. “Ela ainda está tremendo. Pode passar para os filhotes”.   

Medo
Ainda há pedaços de carne espalhados por aí. Agora, o maior temor dos moradores é de que crianças entrem em contato com o veneno. O comerciante João José Pires, o Dendê, que perdeu o Pit Bull “Preto”, teme que seu outro cachorro também morra. “Salvei ele dando leite e azeite doce. Já chorei a morte de um animal. Não quero chorar de novo. Alguém tem que recolher tudo isso”, sugeriu.  

Defesa
Apesar das testemunhas oculares, o fazendeiro e ex-prefeito de Conceição do Jacuípe negou ao CORREIO todas as acusações. “Não sei por que estão me acusando disso. Vou apurar e depois te respondo. Eu tenho cachorro. Gosto de animais”, garantiu, por telefone,  João de Roque, que não mais apareceu em Amélia Rodrigues. “Ele tem que ser muito homem pra voltar aqui no São Bento”, disse um morador. 

Na propriedade que há mais de 20 anos mantém em São Bento do Inhatá, João de Roque cria gado, porcos e galinhas. “A família sempre teve posses e poder. Um homem como ele acha que pode passar por cima de tudo e todos”, afirmou a vereadora Maria Quitéria Ferreira, que teve o poodle “Guguinha” morto na chacina.

Polícia recolhe  carne para fazer perícia
Passava das 11h de ontem, quase quatro dias depois do massacre, e o carro do Departamento de Polícia Técnica (DPT) finalmente se dirigiu para onde tudo ocorreu. Os policiais tinham a companhia do secretário de Agricultura e Meio Ambiente da prefeitura, Mário Augusto Filho. No local, foram recolhidos pedaços de carne enviados para a perícia, em Salvador.

Ainda não se sabe que tipo de veneno foi usado. O delegado José Antônio Costa disse que ainda vai ouvir o acusado e os donos de cachorros.  João de Roque pode responder por crime de maus-tratos previsto na lei ambiental 9605/98. Se punido, pode pegar de três meses a um ano de prisão. ONGs de proteção animal prometem ação coletiva de indenização por danos morais.


---------------

Comentário:
Daqui a 4 anos estão votando em João de Roque novamente, eleitor não tem memória. Ele se elege e ao invés de envenenar cães, gatos e galinhas ele vai por veneno na merenda escolar, refeição de idosos e hospitalizados para reduzir custos com alimentação ou vai lá saber qual motivo ele vai encontrar.
Exagero? Jajá aparece notícias desse indivíduo envolvido em algum assassinato. Covardia e maldade são a mesma coisa independente do tipo e raça da vítima.
O mais "engraçado" de tudo é que o assassino matou os cães de uma cidade INTEIRA e PODE (não quer dizer que irá) pegar de 3 meses a 1 ano de cadeia.... que justiça é essa? Ele deveria trabalhar 5 anos varrendo as ruas, limpando privada serviços que fizesse esse sujeito ver como é realmente a vida! A aprender a dar valor ao trabalho dos outros e aos bens alheios! Ele não pode simplesmente chegar e tirar o que uma pessoa está se dedicando a cuidar! Não tem senso nenhum de moral e de valor social! Praticamente um assassino como diz a matéria um serial killer, deve ser tratado como tal.

sábado, 1 de outubro de 2011

Procura-se Dois Psicopatas!

Muitos adultos com personalidade cruel já maltratavam animais de uma maneira peculiar na infância, longe daquele quadro de inocência que ocorre com a maioria das crianças. Não estavam passando por uma fase, mas sim iniciando um padrão de sadismo que iria perdurar pela vida inteira. Muitos psicopatas tiveram como suas primeiras vítimas o cachorro da família ou os gatos da vizinhança. Cobaias no laboratório da tortura.


Policia investiga rapazes que aparecem em foto estrangulando cachorrinho

Após circular por várias redes sociais a foto de dois rapazes enforcando um cachorrinho, o assunto acabou virando pauta de investigação do Departamento de Repressão a Crimes de Alta Tecnologia, realizada pela Policia Civil do Distrito Federal. O policial responsável pela operação, Adelmo Jerônimo Silva, está realizando uma investigação criminal com base na foto (acima) para identificar os criminosos. 

Diante disso, se você tiver qualquer contato, ou souber quem são os rapazes da foto (que conforme nos foi repassado são do interior de Goiás), por favor entrar em contato no telefone  (61) 3462 9544  e repassar os dados. A denúncia é anônima. 

Com isso vamos poder colocar atrás das grades, ou então, fazer cumprir a lei e punir estas pessoas que cometem crimes contra animais domésticos e ainda pensam que podem ficar impunes.

Fonte: http://www.icaranews.com.br/display3.asp?func=display&resid=656&tree=9


Comentário: Se você acha essa notícia um exagero espere até um desses se aproximas de seus filhos(as) ou avós.

Você sabe como seu cão bebe água?

                                                                          Interessante!

Lei irá permitir sacrifícios por ritos religiosos!



‎"Ruído
Recebi com muito desapontamento a notícia de que foi sancionado um projeto de lei que permite e autoriza legalmente a tortura e o sacrifício de animais em rituais de cunho religioso. Na realidade, após pesquisas e confirmação de fontes, descobri que, na época, a grande imprensa deu pouca importância ao fato, motivo pelo qual muitas pessoas andam compartilhando esta antiga e má notícia alguns anos depois de sua aprovação.

Existem manifestações e burburinhos na época de sua aprovação em 2004, em meados de 2010, e em setembro de 2011. Mistério ainda não resolvido até o presente momento. Informações truncadas, depoimentos revoltados e revoltosos, enfim, bastante ruído.

Segundo matérias publicadas no Portal Terra em 2004, no site da ANDA em 2010 (Agência Nacional de Direitos dos Animais), no blog vinculado ao jornal Estado de São Paulo do jornalista João Bosco Rabello em 2010 , e em blogs e posts pela internet a fora em setembro de 2011, o ex-deputado estadual pelo Rio Grande do Sul, Edson Portilho, conseguiu aprovar o projeto de lei 283/2003 (no dia 2 de julho 2004), que altera a lei estadual 11.915 (de 23 de maio de 2003), permitindo assim o uso e o sacrifício de animais desde que realizados em cultos religiosos de matriz africana."
***
Fonte: http://br.noticias.yahoo.com/blogs/ultrapop/gatos-em-chao-de-asfalto-quente.html


Comentário: Ainda se sacrifica vidas em rituais religiosos.... que involução. Acredito que toda "cultura ruim" deva ser abandonada,  mesmo fazendo parte de uma religião, senão ainda estaria-se praticando canibalismo aos náufragos e viajantes às Indias e com enfoque turístico regional.

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

MENSAGEM À QUEM JÁ ABANDONOU OU PENSA EM ABANDONAR SEU ANIMAL DE ESTIMAÇÃO!

Texto extraído do Jornal “Meio Ambiente & Animais” .


Saiba onde abandonar seu cão:

Uma hora acontece: você não pode mais ficar com o seu cachorro. Cresceu demais, latiu demais, latiu de menos, faz sujeira. Você ficou grávida, você vai mudar pra um apartamento, vai sair de férias, vai mudar de cidade ou de país. Ou enjoou dele e que um filhote novo.

Chega o momento e você se pergunta: onde posso abandonar o meu cão?

Existe um ótimo local para isso. É grande, com um lindo gramado, lago e os animais ficam todos soltos e felizes.

Tem veterinário disponível 24 horas, humanos brincando c/ eles, os cães nunca vão se sentir sozinhos. Você pode ficar tranquilo que o seu ex-melhor amigo será muito bem cuidado. Ele nem vai sentir a sua falta. Terá uma vida longa e feliz, e você poderá seguir a sua vida, sem peso na consciência, e sem preocupação.

Legal, né? Um lugar com espaço infinito, dinheiro inacabável, humanos disponíveis e cães felizes. Quer saber onde é? Eu digo...NA SUA IMAGINAÇÃO!!!

Não existe lugar para abandonar seu cão. Não existe um lugar seguro se não for ao seu lado.

Visite um abrigo ou um CCZ e veja as condições em que chegam os animais que foram resgatados...e se você está pensando em deixar seu cão em um abrigo, lembre-se que, além de abandonar covardemente seu melhor amigo, você estará tirando as chances de um animal de rua ser resgatado. Se você não se importou o suficiente com seu cão pra ficar com ele mesmo nas dificuldades, como espera que alguém irá se importar?
Não abandone jamais seu animal, pois ao contrario ele jamais faria isso!!!

E lembre-se quando você abandona um cão porque já não lhe serve mais, seus filhos aprendem a lição e talvez façam o mesmo quando você ficar velho.

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Notícias de Empresas Aéreas Irresponsáveis!




SEXTA-FEIRA, 1 DE ABRIL DE 2011
    ... de acordo com o blog "O GRITO DO BICHO"
REUNIÃO COM A GOL... RESULTADOS? VOCÊ DECIDE...
Rascunhei várias coisas para contar, mas, quer saber? vou perder muito tempo para escrever e vocês para ler. Não vale a pena. No final vão entender o porquê:


QUEM PARTICIPOU DA REUNIÃO DO DIA 31/03/11 - SP:
- Convidados: Sociedade Educacional "Fala Bicho" (Sheila Moura), ANDA (Silvana Andrade), ARPA (Paulo Krebs) e WSPA (Flavia Ribeiro)
- Funcionários da GOL: Carlos Fiqueiredo, Maria Nazareth, Kleber, Hélio Muniz, Thalita (todos em cargo de diretoria)


INFORMAÇÕES OFERECIDAS:
- já transportaram mais de 15 mil animais em 10 anos pelo Gollog;
- média de transporte mês é 120/125 animais;
- só tiveram 3 casos de acidente (morte e fuga);
- não transportam animais na cabine (dentro do avião), só no porão. Não vão mudar;
- não o fazem porque sofreram várias ações de pessoas que não aceitavam viajar com um animal nas mesmas condições que eles;
- dos clientes que embarcam animais, 30% são criadores;
- não transportam determinadas raças de cães e gatos (pugs, buldog, persas, etc.) para evitar problemas respiratórios dos animais;
- locais que transportam mais animais: Guarulhos/POA/Congonhas;


GOSTEI:
- compromisso de, em três meses, enriquecer de informações o site e comunicação interna (incluindo matéria permanente na Revista mensal da GOL);
- exigir caixas de qualidade para transporte de animais, pois, embora não fugindo da responsabilidade, consideraram que a caixa do caso Pinpoo, cujas rodinhas foram retiradas, não oferecia segurança para ser içada já que fora feita para ser arrastada;
- não vão usar mais o termo "carga viva" e vão substituí-la pela palavra "animal" mesmo;
- vão participar de cursos no exterior para capacitação no tema transporte de animais;
- fomos recebidos de forma super hiper gentil. Os anfitriões foram extremamente simpáticos e o Diretor de Cargas, Carlos F. Santos, até agradeceu a minha "franqueza"... kakakaka....
- os convidados Silvana, Paulo e Flávia se pronunciaram com bastante propriedade e competência;
- vou receber, com exclusividade para meus leitores, um vídeo mostrando todo procedimento de transporte de animais, incluindo, o espaço interno do porão da aeronave onde eles ficam acomodados (eba!!!!!);


NÃO GOSTEI:
- só quando houver a próxima reunião de diretoria da empresa, vão levar o tema "transporte de animais" para entrar em pauta (sobre sugestões que já foram registradas em nosso blog e outras dadas pela ANDA). O problema é que não sabem quando isto ocorrerá.
- apesar de mostrarmos toda nossa competência (TODOS NÓS) em mobilização sobre o caso Pinpoo que comoveu o país, estes diretores optaram por marcarem outro encontro para conhecerem e ouvirem a veterinária da WSPA. Vão contratar esta Organização (que não fez um sussurro sequer sobre o caso Pinpoo, que eu saiba) para promover palestras em eventos internos realizados naquela Empresa. Isto foi falado na nossa cara, durante a reunião, e confirmado hoje, por tel., na pessoa do Diretor Hélio Muniz.


O QUE VOU FAZER?
Acho que a TAM vai receber nossas idéias mesmo que não tenhamos o pedigree de ONG internacional. Além do mais, já transportam animais na cabine do avião há muito tempo.


FINALIZANDO
não vou encher a bola da GOL, já que vão contratar uma Organização estrangeira que tem abusado dos seus direitos de interferir nos destinos da proteção animal no Brasil. Não vou repetir o lero lero. É só procurar no Google personalizado do nosso blog tudo que venho alertando sobre o comportamento da WSPA que não se "mistura" e ignora outras ong´s que não sejam suas afiliadas. 


Caso a GOL cumpra a promessa de nos mandar o vídeo prometido, publicarei com enorme prazer, mas.... assunto encerrado. A bola foi passada. Quem quiser opinar, sabe o endereço da GOL Estou fora!!!!



Fonte: http://www.ogritodobicho.com/2011/04/reuniao-com-gol-resultados-voce-decide.html


02/05/2011 21h07 - Atualizado em 02/05/2011 21h08
Sumiço de gato em aeroporto de Brasília completa uma semana
Segundo dono, animal ‘gostava de dar umas voltinhas’.
Recompensa de R$ 500 está sendo oferecida para quem localizar o felino.
Jamila Tavares
Do G1 DF


Animal escapou durante conexão e, de acordo com o dono,
‘gostava de dar umas voltinhas’.
(Foto: Arquivo pessoal/ Divulgação)

O pesquisador Maicon Saul Faria, dono do gato Esquilo, desaparecido há uma semana no Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília, se reuniu na tarde desta segunda-feira (3) com representantes da Gol para tentar formalizar como serão feitas as buscas. Acompanhado do advogado Fernando Bessa, Faria apresentou para a companhia aérea um plano para sistematizar a procura pelo felino.


“Queremos que seja algo viável para a empresa e que seja eficiente. Não adianta que a empresa faça algo que não vai ter resultados. Só posso sair daqui [de Brasília] com a certeza de que vão procurá-lo, senão eles vão fazer teatro”, afirmou Faria em entrevista ao G1. A Gol informou que está analisando o documento e deve se pronunciar sobre o caso nos próximos dias.


Esquilo fugiu no dia 27 de abril, no momento em que funcionários da Gol transferiam as bagagens da aeronave vinda de Palmas, Tocantins, e com destino a Campinas, em São Paulo. Desde o desaparecimento, Faria tem procurado o gato no aeroporto e nos arredores e oferece uma recompensa de R$ 500 para quem localizar o animal. “Ainda tenho esperanças de achá-lo, é por isso que estou aqui”, afirma. Uma ONG que protege animais abandonados e vítimas de maus tratos está ajudando nas buscas.


A Gol está custeando a hospedagem do pesquisador e espalhou faixas com fotos do gato nas proximidades do aeroporto. Nesta madrugada, Faria vai pernoitar perto da área de armazenamento e incineração de alimentos do terminal.

Faria é formado em física e vinculado ao Departamento de Engenharia Elétrica da Unicamp. Ele viajou para Palmas em férias e deveria ter retornado ao trabalho nesta segunda-feira, mas adiou o retorno por conta do desaparecimento de Esquilo gato. O pesquisador espera que a Gol assine o documento até quarta-feira (5), data em que ele deve voltar para Campinas.


Esquilo, de dois anos e meio, é um dos cinco gatos do pesquisador, que se diz apaixonado por felinos. Ele é um animal cinza comum, sem pedigree, de cauda decepada por causa de um acidente.



Fonte:http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2011/05/sumico-de-gato-em-aeroporto-de-brasilia-completa-uma-semana.html


Comentário: Veja só aconteceu na GOL não é?



19/09/2011 13h44 - Atualizado em 19/09/2011 18h30

Cão morre após atraso em voo entre São Paulo e Vitória, diz dono
Cachorro da raça pug ficou cerca de 10 horas em caixa de transporte. 
Gol lamentou o ocorrido e diz que vai prestar ‘todo suporte possível’.
Juirana Nobres Do G1 ES


Um cachorro da raça pug, chamado Santiago, morreu na terça-feira (13), depois de viajar de avião de São Paulo para Vitória. De acordo com o dono, o cão teria morrido de parada cardiorespiratória por ter ficado mais de 10 horas em um lugar fechado, tempo maior que o previsto por causa de um atraso no embarque. Em nota enviada ao G1 nesta segunda (19), a empresa GOL Linhas Aéreas Inteligentes disse que realizou uma “apuração interna” e vai prestar esclarecimentos aos envolvidos.


De acordo com o esteticista de cães e dono de Santiago, Fabio Cesar dos Santos, ele e a mulher são de São Paulo, mas moram em Vila Velha, no Espírito Santo, desde janeiro. "Os meus três cães ficaram com a minha mãe em São Paulo, mas precisei resolver umas questões pessoais e aproveitei para buscar os meus animais", contou o esteticista.
saiba mais


Segundo Fábio César, ele se informou com a GOL como proceder para transportar os três animais. "Fui informado que poderia levar apenas dois. Depois pediram para eu preencher um formulário pela internet para a liberação do terceiro cão. Às 5h30 de terça-feira (13), eu, a minha esposa, as duas cachorrinhas e Santiago chegamos ao aeroporto de São Paulo. Os funcionários levaram os três cachorros e os colocaram em caixas, depois disso só fui ver Santiago quase morto", detalhou o dono do cão.


Ele contou que a viagem seria às 7h, mas, por problemas com o transporte do terceiro cão, a viagem foi transferida para o voo das 10h50, do mesmo dia. "Este voo atrasou mais de 3 horas, comecei a ficar preocupado com o calor que fazia, já estava ficando desesperado. Pedi aos funcionários da GOL para ver nossos cachorros, porém todas as vezes era informado que o regulamento não me autorizava vê-los. Minutos depois fui informado que os cães estavam bem", contou Fábio Cesar.



Dono diz que cachorro morreu após 10 horas de voo (Foto: Reprodução/ TV Gazeta)

De acordo com o esteticista de cães, o desembarque no Aeroporto Eurico Salles, em Vitória, só aconteceu às 15h. Quando os animais foram entregues, Santiago estava com a respiração ofegante. "Saímos do aeroporto e fomos em busca de atendimento, mas ele não resistiu e morreu por parada cardiorespiratória. Quando a veterinário viu Santiago disse que a respiração já era um sintoma ruim, ainda tentaram reanimá-lo, mas foi tudo em vão. O meu cachorro tinha 3 anos e meio, era saudável, nunca me deu trabalho, era um amor de cachorro. Não sei ainda como vou contar para a minha mãe que ficou com ele nos últimos meses", contou.



Segundo o dono do cão, o Serviço de Atendimento ao Consumidor da GOL pediu para ele anotar um protocolo e informou que até terça-feira (20) eles dariam uma reposta sobre a morte de Santiago. "Ligamos para a assessoria de imprensa, que se mostrou empenhada, mas a única coisa que nos disseram foi: a Gol sente muito pelo ocorrido", desabafou Fábio.


A empresa GOL Linhas Aéreas Inteligentes, que fez o transporte dos animais, disse que lamenta profundamente pelo ocorrido. Disse ainda que um de seus diretores fez contato com o cliente na semana passada, pediu desculpas em nome da companhia, forneceu informações sobre a apuração interna e se colocou à disposição para prestar todo o suporte possível. Durante esse contato, o cliente se reservou no direito de falar somente por meio de seu advogado. Em respeito a isso, a GOL disse que prestará os esclarecimentos diretamente aos envolvidos.
De acordo com o veterinário Anderson Tozi, os cães da raça pug apresentam dificuldades para respirar. "Pode não ter sido o motivo da morte desse cachorro, mas animais desta raça possuem um focinho muito chato e por isso tem dificuldades para respirar em comparação com outras raças. As condições do transporte também devem ser analisadas. O cão precisa de muito oxigênio para fazer uma viagem longa de avião", explicou o veterinário. Anderson Tozi acrescentou, que animais ficam, naturalmente, sem beber e comer alguma coisa por horas e esse motivo deve ser descartado.


Fonte:http://g1.globo.com/espirito-santo/noticia/2011/09/cao-morre-apos-atraso-em-voo-entre-sao-paulo-e-vitoria-diz-dono.html


Meu comentário:
O mais engraçado é que a Gol primeiro lamenta depois diz que irá realizar apurações internas.
Como se isso fosse mudar seu serviço PÉSSIMO e como se o DESCASO com os animais em vôos aéreos fosse resolvido.
Animais são OBJETOS e CARGAS para serem transportadas, nada mais.
Se a GOL não tem capacidade técnica/administrativa para transportar animais (de estimação ou não) NÃO OFEREÇA ESSE SERVIÇO, porque animais mortos não podem ser ressarcidos  porque NÃO SÃO OBJETOS!

Notem que é sempre a GOL, apenas esperem novas notícias do tipo.

A pior das empresas aéreas!







quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Abaixo-assinado Providências urgentes e permanentes para todos os Centros de Zoonoses (antiga Carrocinha)de todo o território brasileiro

É um petição muito importante, se for realmente aprovada vai ser um avanço social imenso na parte de diminuir os maus tratos aos animais e superpopulação.
Por melhorias aos Centros de Zoonoses e fim do descaso aos animais carentes e abandonados.


Vou copiar e colar a petição aqui, mas no site para quem quiser ler está disponível a partir do link:
========================================================================

Abaixo-assinado Providências urgentes e permanentes para todos os Centros de Zoonoses (antiga Carrocinha)de todo o território brasileiro


Para:EXCELENTISSIMA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Dilma Roussef;


Providências urgentes e permanentes para todos os Centros de Zoonoses (antiga Carrocinha)de todo o território brasileiro. 

EXCELENTISSIMA SENHORA PRESIDENTE DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL Dilma Roussef; 
AO CONGRESSO NACIONAL DO BRASIL; MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE, MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL E MINISTÉRIO DA SAÚDE. 
MARLI GUIMARAES LIMA (rg 10836372) e o PROJETO ANJOS DE BIGODE (PAB), associação civil de direito privado sem fins lucrativos ou econômicos com sede administrativa na Rua Ernesto Manograsso, 871 – São Mateus – CEP 03.963-100, - São Paulo/SP, por seus SIGNATÁRIOS, vem, com o devido respeito e acatamento, à honrosa presença de Vossa Excelência, com fundamento no Art. 225, § 1º, VII DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL DO BRASIL DE 1988, DECRETO-LEI Nº 24.645, DE 10/07/1934, QUE DEFINIU OS MAUS-TRATOS CONTRA OS ANIMAIS, DECRETO Nº 11, DE 18/01/1991, DECRETO Nº 761, DE 19/02/1993, LEI FEDERAL Nº 9.605 de 12/02/1998, LEI DE CRIMES AMBIENTAIS e DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DOS ANIMAIS, 
Requerer o que segue, pelos motivos de fato e direito que passa a expor: 
Em nome de todos os animais que por meio dos CENTROS DE ZOONOSES de todo o Brasil, sofrem ou sofreram crueldades, 
em nome de todos os animais que sofreram eutanásia, vitimas do chamado "controle populacional" , 
em nome de todos os animais que estão nos corredores da morte, 
em nome de todos os animais que estão nesse exato momento sendo negligenciados, doentes e sem assistência veterinária, morrendo lentamente, 
em nome dos animais apreendidos bruscamente causando-lhes ferimentos e fraturas graves, 
em nome de todos os animais que estão vivendo em condições de higiene e saúde abaixo da linha de pobreza espiritual de seus tutores, 
em nome de todos os animais que estão amontoados em locais pavorosos sem nenhuma ventilação, ao menos uma janela, 
em nome de todos os animais famintos que apelam ao canibalismo dentro dos canis de seus tutores, 
sejam esses tutores o Estado, o Município, a Prefeitura, as sub-prefeituras e acima de tudo os Centros de Zoonoses de TODOS os Estados que compõem a Republica Federativa do Brasil, sejam eles, Acre, Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal – Brasília, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso , Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Roraima, Rondônia, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Sergipe, Tocantins, incluindo ainda todas nossas Ilhas sob a jurisdição de seus respectivos Estados. 
Assim, com o máximo de respeito, vimos pedir a Vossa Excelência, que leia essa petição em sua íntegra e que ouça o grito SILENCIOSO dos animais em condições de total horror. 
Nós brasileiros, protetores independentes, organizações não governamentais voltadas à causa animal, voluntários, redes sociais na internet, ranchos de protetores de animais, homens, mulheres, idosos e jovens, nós todos que respeitamos os animais, estamos aqui falando em nome de todos eles e trazendo até Vossa Excelência, que é a autoridade máxima em nosso Brasil, para que assim, possa tomar consciência dos descasos de centenas e centenas de denuncias contra a crueldade com os animais expostas nos meios de comunicação diariamente, descasos que nos insultam, nos desrespeitam por não responderem ou responderem e ignorarem ao mesmo tempo, vindos especialmente de Centros de Zoonoses espalhados por todo o Brasil, de Norte a Sul. 
Alguns centros de zoonoses proíbem tirar fotos ou filmar, tamanho o horror que passam esses animais, principalmente os mais próximos do ser humano que são: os gatos e cães. As violações aos direitos dos animais estão por toda parte, desde a região mais rica até a mais pobre do nosso País. 
Por isso, estamos aqui para implorar às autoridades federais, estaduais e municipais, para que façam cumprir todas as leis em prol da vida e dignidade de todos os animais. 
Diante de todo o exposto, tudo que requeremos é uma ação ampla, geral e irrestrita em todos os canis do Brasil, numa ação conjunta com os respectivos órgãos do Ministério do Meio Ambiente, Ministério Publico, Ministério da Saúde e órgãos afins. 
Para isso, elaboramos uma lista de providências a serem tomadas, a qual segue relacionada abaixo: 
1. tomar providencias imediatas e urgentes referentes às denúncias em vários CCZ’s do Brasil, assim que lido essa petição 
2. Exigir que as condições de higiene e limpeza de todo o local incluindo e principalmente os locais onde os animais ficam alojados e/ou encarcerados. O local inteiro sem restrições, enfermaria, escritório, local onde armazenam alimentos, água servida aos animais, condições sanitárias, enfim todo o local. Que essas condições de higiene estendam-se aos animais em si, tosados, banhados e medicados. 
3. Treinamento de funcionários para que estes se especializem no atendimento aos animais incluindo o atendimento ao publico. 
Funcionários que trabalham na captura de animais nas ruas, devem ser conduzidos a uma nova entrevista, devem ser fiscalizados pelo próprio diretor e/ou assistente o trabalho deles nos locais, que sejam punidos aqueles que comprovadamente capturam os animais com crueldade. 
4. Fim da eutanásia em animais, mesmo aqueles que são deficientes como animais com doenças tratáveis. 
5. Fim da captura brusca e violenta sofrida pelos animais nas ruas, laçando de qualquer maneira animais desesperados que são LITERALMENTE arremessados dentro de veículos imundos, velhos, contaminados e apinhados de outros animais amedrontados. Essas são as famigeradas CARROCINHAS DE CACHORRO. Proibição do uso de ferramentas que contem uma espécie de alicate que causa ferimentos nos animais. Treinamento de funcionários para isso. 
6. Humanizar o canil para que haja gramado para que os animais possam tomar sol. 
7. Reforma de todos os canis do Brasil, colocando janelas próprias em cada local onde se alojam os animais. 
8. Cadastramento de todas as instituições que ajudam animais abandonados, incluindo os Protetores Independentes; 
9. Verbas para que os Protetores Independentes, organizações não governamentais, abrigos de animais, possam fazer o seu trabalho e conseqüentemente ajudar os CCZ’s de modo indireto. Que essa verba possa ser sem por cento (100%) fiscalizada por funcionários especiais do governo que tenham ficha limpa e por um comitê da própria comunidade para que não haja desvio e corrupção das mesmas, prestando contas e colocando as mesmas no mural dos CCZ’s para que sejam devidamente acompanhado pelo público; 
10. Programas obrigatórios de adoção tais como: feiras de adoção, anúncios, passeios, eventos beneficentes e que as verbas para tais eventos sejam geradas pela própria prefeitura e que o total angariado vá diretamente para as benfeitorias dos canis; 
11. Banho, tosa, medicação, castração, vermifugação e chips\ de todos os animais que estão sob a custodia do canil, e que cada um possa ser examinado e tratado devidamente em caráter de urgência; 
12. Fiscalização do governo federal nas contas da prefeitura, verificando se parte das verbas estão sendo repassadas e bem administradas pelos diretores e funcionários do CCZ. 
13. Penalizar os diretores de CCZ’s e/ou funcionários se não cumprido as exigências acima; 
14. Programa de Conscientização ao publico feito pela própria prefeitura para não abandonar animais, 
15. Leis mais severas para todos aqueles que abandonam seus animais, que cometem maus tratos e crueldade. 
16. Imediata presença da polícia no Disque Denuncia, penalizar as delegacias que não fizerem os boletins de ocorrência e que a copia desse boletim seja entregue ao denunciante. Penalizar a delegacia que negligenciar qualquer denuncia. 
17. Inserção na grade curricular do ensino público de matérias direcionadas à preservação do ecossistema de maneira global, incluindo, portanto, o respeito para com os animais 
18. Todos os animais devem ser cadastrados na prefeitura pelo dono, obtendo assim uma licença. Que essa licença seja de um valor fixo acessível a todos os donos de animais, para que sejam colocadas nas coleiras dos animais e assim facilitar a busca de animais perdidos. E que esse cadastro esteja em lugar seguro, em arquivo confidencial da prefeitura, para não haver perdas e extravios de cadastros. 
19. Que todos os municípios e prefeituras no Brasil possam requerer aos estudantes de Veterinária nas universidades para que façam estágio obrigatório em CCZ’s de todo o Brasil, com o objetivo de ajudar a salvar a vida dos animais. 
20. Programas de Adoção para Cães Adultos, Programas de Adoção para Cães Especiais (aqueles que são deficientes físicos), Programas de Adoção de filhotes, Programas de adoção para cães idosos, que todas as pessoas que estão adotando assinem e recebam o documento chamado de Termo de Adoção. E que os funcionários possam acompanhar devidamente essas adoções, visitando os adotantes para certificar-se de que estão sendo bem tratados. 
21. Projetos de leis inúteis e que agridem os animais, tais como projetos de lei para liberar as rinhas de galos, cães e outros animais, devem ser conversadas no Congresso para que o deputado ou vereador que protocole esses projetos seja obrigado a apresentar outro projeto inverso para o bem dos animais. 
22. E por fim: programa de treinamento, de obediência e adestramento nos ccz's sem qualquer uso de violência ou agressões aos animais, 
Com o propósito de incentivar as adoções dos animais principalmente cães, e que isso seja feito em conjunto com polícia militar e/ou profissionais da área, O BRASIL PROVAVELMENTE SERIA PIONEIRO NESSE CAMPO e DARIA UM EXEMPLO PARA TODOS OS PAISES. 


Em sendo assim, nós, os signatários e todos aqueles que colocaram com suas assinaturas nessa petição, confiamos que os 22 itens descritos acima serão acionados de imediato e acreditamos que com a cooperação dos Ministérios, Vossa Excelência vai nos dar uma resposta favorável e concreta muito em breve. 
Esperamos ser informados de todo o andamento e as ações conjuntas, por meio do Diário Oficial da União e/ou pelos meios eletrônicos de preferência em um só Ministério com uma página das informações que pedimos. 
Por oportuno, cabe falar que, todos os nossos pedidos acima, estão pautadas na Constituição Federal do Brasil de 1988 que dispõem em seu capítulo VI “DO MEIO AMBIENTE”, no artigo 225, § 1º VII o seguinte: 
Art. 225 (.........) 
§ 1º, Para assegurar a efetividade desse direito, incumbe ao Poder Público: 
(.......) 
VII “proteger a fauna e a flora, vedadas , nas formas da Lei, as práticas que coloquem em risco sua função ecológica, provoquem a extinção de espécies ou submetam os ANIMAIS a crueldade.” 
Como vemos, os animais desde 1988, data que foi promulgada a Nossa Constituição Federal, passaram a ter amparo jurídico, pela Lei Maior. Assim, como também está amparado pelos DECRETO-LEI Nº 24.645, DE 10/07/1934, QUE DEFINIU OS MAUS-TRATOS CONTRA OS ANIMAIS, DECRETO Nº 11, DE 18/01/1991, DECRETO Nº 761, DE 19/02/1993, LEI FEDERAL Nº 9.605 de 12/02/1998, LEI DE CRIMES AMBIENTAIS e A DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS DOS ANIMAIS ,PROCLAMADA PELA UNESCO EM SESSÃO REALIZADA EM BRUXELAS, O QUAL O BRASIL É SIGNATÁRIO. 


Nestes termos, 
Pedimos e aguardamos deferimento. 
São Paulo, ..31......de ...agosto... de 2011. 
Assinatura 


Marli Guimaraes Lima 
Projeto Anjos de Bigode (PAB) 
---------------------------------------------------------------------------------------------------------- 






Os signatários


=========================================================================

ASSINE A PETIÇÃO, NÃO CUSTA NADA E É POR UMA BOA CAUSA!
http://www.peticaopublica.com.br/PeticaoVer.aspx?pi=P2011N13772

FRONTILINE CASEIRO

Chega de circo de pulga!

Peguei essa receita de um post do abrigo de animais Animais Carentes ES:
"Receita Testada e Aprovada por muitas ongs e protetores É muito simples, é só seguir a receita que não tem erro. 

Ingredientes

- 1 litro de álcool - compre álcool de cereais - é melhor do que o de supermercado; 
- 30 pedras de cânfora ou 60g. 
- 1 pacotinho de cravo da índia; 
- 1 copo de vinagre branco.

Obs: não leva água. 

Modo de fazer: 

Misture tudo e deixe em infusão até dissolver a cânfora. Misture todos os ingredientes, coloque num borrifador de plantinhas. Use bastante nos pêlos dos cães e gatos, na casa depois de varrer, nas casinhas deles. Carrapatos aparecem ás vezes, pois o vento traz, mas morrem na hora! 
Quando chega um peludo resgatado da rua, antes do banho eu borrifo esta solução neles e envolvo com uma toalha. As pulgas saem mortas e os carrapatos quase morrendo! Depois é só dar o banho, secar e colocar mais a solução pra garantir."

Fonte: http://www.facebook.com/animaiscarenteses

Na minha opinião vale a pena testar, só não borrife direto na região dos olhos e cuidado com o focinho!
Borrife em uma gaze e passe com cuidado nas regiões mais sensíveis.

quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Desumanidade sem Limites! Casal amputa a perna do cão sem anestésicos para economizar com o veterinário!

Visão horrível: A polícia encontrou Onyx amarrado a um poste, depois de seu dono ter tentado amputar a perna do animal, sem equipamento adequado ou anestésicos.
Agonizando sem a perna ao relento.
Um casal foi acusado de crueldade contra os animais após a realização de uma amputação DIY em seu cão de estimação depois que ele foi atropelado por um carro.

Alberto Castaneda, 51, e Maria Bañuelos, 59, foram presos depois que oficiais do controle animal ter encontrado o seu labrador preto em péssimas condições.

O cão teve parte de sua perna esquerda cortada.

Acredita-se que tentaram evitar ter que pagar taxas veterinárias caras.

O cão não tinham sido tratado com qualquer droga ou ter sido dado qualquer anestésico durante a operação cruel.

Veterinários foram capazes de salvar o cão, que é chamado Onyx, mas teve que amputar a a maior parte da perna devido à operação fracassada  anteriormente realizada pelo casal.

Matthew Massa, o gerente de Controle de Animais Kern County, disse: "Nenhum animal, nenhuma pessoa, e nenhuma criatura viva merece ser abusado da maneira que este animal foi abusado".

Autoridades disseram que o animal tinha sido atropelado por um carro com tanta força que ele sofreu uma dupla fratura da pelve e teve quadril deslocado.

Sua perna traseira esquerda também foi bastante danificada, mas ele não tinha recebido qualquer tratamento  veterinário.

Castaneda supostamente realizou a operação em seu Bakersfield, Califórnia, em casa.
"Esta pessoa não tem o equipamento adequado e medicamentos para tratar deste animal", disse Dr. Cynthia Martinez.
Recuperação difícil: Onyx tinha sido atropelado por um carro com tanta força que ele sofreu uma dupla fratura da pelve e um quadril deslocado.
Onyx está agora em condição estável, mas crítica em um hospital veterinário local.

Dr Martinez acrescentou: "Imagine um cão deste porte ser atropelado com a força capaz de quebrar os dois lados de sua pélvis que já é muito doloroso e ainda não ter recebendo os cuidados adequados, simplesmente é horrível pensar na dor."

Os Amigos dos Animais Shelters Kern Foundation estão arrecadando dinheiro para o cão.
Eles esperam enviar o animal para Los Angeles para a cirurgia, que vai custar pelo menos US $ 8.000.

Fonte: http://www.dailymail.co.uk/news/article-2033791/California-dog-fighting-life-owners-amputate-leg-avoid-veterinarian-fees.html

Lembrando que nos EUA existem sociedades protetoras dos animais que possuem hospital "público" para cães de rua ou carentes.



Conheça Onyx: Cão Jovem começa recuperação de amputação cruel

Cão macho de cor preta chamado Onyx, teve sua perna amputada a sangue frio, nesta foto fornecida por Kern controle de animais do condado de sexta-feira, 2 de setembro, 2011. A duas pessoas responsáveis por essa barbárie enfrentam acusações criminais por crimes contra animais, disse a agência.


Alberto Castaneda, 51, e Maria Bañuelos, 59, foram presos por suspeita de crime contra crimes os Animais.

O Controle de Animais anunciou o Seu novo Nome e um novo parágrafo na vida deste cachorro nesta sexta-feira e disse que estava sob condição estável. Mas lembra que Onyx vai precisar reaprender a andar e de cuidados de um especialista ortopédico.

Onyx deixou Bakersfield sexta-feira para receber os cuidados necessários, presumivelmente na área de Los Angeles. A Kern County supervisor cuidados com Animais e  Técnico Veterinário do condado Registrado acompanha Onyx em sua viagem. 

Foi criado um fundo para auxiliar o pagamento para os cuidados de Onyx.

Fonte: http://www.bakersfieldnow.com/news/local/129139543.html